O Padrão-ouro – Dinheiro versus moeda-corrente

RSS
Facebook
Facebook
Google+
Google+
http://granagrana.com/o-padrao-ouro-dinheiro-versus-moeda-corrente/
Youtube
Youtube
Pinterest
Pinterest
LinkedIn
Flipboard magazine

 
Quase todos os países adotam o sistema de moeda fiduciária. O valor dessa moeda é definido pela oferta e procura de dinheiro e de outros bens e serviços na economia. Os preços para os bens e serviços, incluindo o ouro e a prata, podem oscilar em função das forças de mercado.

Sem o padrão-ouro, o governo está livre para produzir seu próprio dinheiro, em qualquer quantidade desejada. Quando o governo produz dinheiro mais rapidamente do que o crescimento econômico, a oferta de dinheiro alcança o valor econômico. Isso leva a um fenômeno econômico chamado inflação (ver Como a inflação corrói seus investimentos).

Portanto, não é surpreendente que o valor intrínseco do ouro aumentou muito desde então, como podemos no gráfico abaixo:

gold-quotes-history

Concluíndo

O Dinheiro tem valor real intrínseco, ou seja, pode ser trocado a qualquer momento, pelo produto pelo qual está endossado – como ouro, prata ou pedras preciosas.

A Moeda Fiduciária, que não tem valor real, é uma forma mutuamente aceita como meio de troca. Uma vez que não é apoiada por nada valioso, seu valor é baseado na sua capacidade para ser distribuída ou ser aceita pelas pessoas.

Livros recomendados

 

RSS
Facebook
Facebook
Google+
Google+
http://granagrana.com/o-padrao-ouro-dinheiro-versus-moeda-corrente/
Youtube
Youtube
Pinterest
Pinterest
LinkedIn
Flipboard magazine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *