Dividend Yield

RSS
Facebook
Facebook
Google+
Google+
http://granagrana.com/dividend-yield/
Youtube
Youtube
Pinterest
Pinterest
LinkedIn
Flipboard magazine

 
Para tornar mais claro o conceito, observe o exemplo de cálculo de dividend yield abaixo:

Duas companhias, que pagam dividendos anuais de $2 por ação.

A ação da companhia XPTO é negociada por $20. Assim, o dividend yield de XPTO seria:

dv = 2 / 20 = 0.1 (10%)

A ação da companhia ACME é negociada por $25. Assim, o dividend yield de ACME seria:

dv = 2 / 25 = 0.08 (8%)

Desta forma, as ações da companhia XPTO, que paga o maior dividend yield, seria mais interessante. Muito cuidado, porém, quando utilizar este indicador porque , como o preço da ação é o denominador, o dividend yield pode parecer alto se o preço da ação for muito baixo. O que, na verdade, pode refletir algum tipo de problema na companhia em vez de uma boa política de pagamento de dividendos.

Deve-se notar que as companhias não divulgam o dividend yield per se, em vez disso divulgam o total de dividendos pago por ação, sendo que o fator será calculado a partir do preço atual da ação.

Assim, uma companhia que tenha uma volatilidade no preço de seus ativos pode apresentar oscilações drásticas em seu dividends yield apesar de efetuar o pagamento consistente de dividendos.

Desta forma, um crescimento no dividend yield durante um certo período (quadrimestralmente, anualmente etc.) enquanto o pagamento de dividendos se mantém estável é, frequentemente, um sinal de que o valor do ativo está sendo mantido baixo artificialmente, ou seja, subvalorizado.

Concluíndo

O Dividend yield é uma ferramenta útil que pode ajudar a selecionar alguns bons ativos para formar uma carteira efetiva, no entanto não deve ser utilizado como único parâmetro para escolher algum ativo.

Seria muito mais prudente usar o dividend yield juntamente com outras ferramentas de análise e técnicas.

Livros recomendados

 

RSS
Facebook
Facebook
Google+
Google+
http://granagrana.com/dividend-yield/
Youtube
Youtube
Pinterest
Pinterest
LinkedIn
Flipboard magazine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *